Lehman busca capital estrangeiro e foca na Coréia, diz jornal

quarta-feira, 4 de junho de 2008 10:25 BRT
 

SEUL (Reuters) - O Lehman Brothers está buscando elevar capital no exterior e se aproximou de pelo menos um investidor na Coréia do Sul, informou o Wall Street Journal nesta quarta-feira.

As ações do Lehman caíram outros 3,6 por cento antes da abertura dos mercados nos Estados Unidos. Nos últimos três dias, os papéis do banco acumulam desvalorização de 18 por cento, eliminado quase 4 bilhões de dólares de valor de mercado da instituição financeira.

Segundo o jornal, as opções para o Lehman na Coréia incluem o estatal Korea Development Bank e Woori Financial Group .

O Korean Investment Corp, fundo soberano que administra cerca de 20 bilhões de dólares e é um investidor no Merrill Lynch, não deve injetar recursos no Lehman, informa o diário, citando fonte próxima da situação.

O KIC não comentou o assunto quando consultado pela Reuters, enquanto representantes do Lehman em Tóquio e Seul não estavam imediatamente disponíveis para falar.

Um executivo do Korea Development Bank também disse que não tem conhecimento sobre um plano de investimento no Lehman. o KDB terá o diretor das operações locais do Lehman, Euoo Sung Min, como seu novo presidente-executivo em breve.

O Woori Finance Holdings, que administra o terceiro maior banco da Coréia do Sul, negou qualquer envolvimento em uma operação de levantamento de recursos para o Lehman.

(Por Anupreeta Das em São Francisco, Tenzin Pema em Bangalore e Kim Yeon-hee em Seul)