Mercado de trabalho fraco nos EUA derruba Bovespa

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008 19:05 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Dados fracos sobre a economia norte-americana golpearam a Bolsa de Valores de São Paulo nesta sexta-feira.

O principal índice da bolsa paulista iniciou o pregão em alta, mas caiu com força logo após o governo norte-americano divulgar os piores dados sobre criação de empregos desde 2003.

O Ibovespa encerrou em baixa de 2,95 por cento, a 61.036 pontos, patamar mais baixo desde 17 de dezembro, quando o índice fechou a 59.828 pontos. O giro financeiro na bolsa foi de 5,6 bilhões de reais.

A queda da Bovespa "é 100 por cento em reação ao dado norte-americano", resumiu durante a tarde o diretor da corretora Novação Carlos Alberto Ribeiro, para quem o mercado continuará atento a qualquer sinal sobre a saúde da maior economia do mundo.

O governo dos Estados Unidos informou que foram abertas apenas 18 mil empregos em dezembro, frente à expectativa de analistas de 70 mil vagas. Além disso, a taxa de desemprego subiu para 5 por cento --a mais alta desde novembro de 2005.

Os dados reacenderam o temor de uma recessão. No mercado dos Estados Unidos cresceu a expectativa de que o Federal Reserve cortará o juro básico na reunião agendada para o final deste mês.

"O que pesou mais foram as notícias lá de fora", concordou o assessor de investimentos de uma corretora em São Paulo, que prefere não ser identificado.

No final da tarde, o índice Standard & Poor's 500 caía 2 por cento, enquanto o termômetro tecnológico Nasdaq perdia mais de 3 por cento.

  Continuação...