Indústria acelera ritmo em abril após acomodação em março--CNI

quarta-feira, 4 de junho de 2008 13:09 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A indústria mostrou força em abril após passar por uma estabilização em março, mas a expansão não foi acompanhada por aumento significativo no uso da capacidade instalada, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O faturamento do setor avançou 1,6 por cento em abril sobre março, dessazonalizado, e 11,7 por cento contra igual mês de 2007.

No acumulado, o faturamento acumula expansão de 8,7 por cento. Nos últimos 12 meses, o faturamento apresentou 10 leituras positivas.

"A atividade industrial volta a registrar crescimento em abril após acomodação em março", disse a CNI em nota.

Entre os setores, destacaram-se as variações percentuais positivas do faturamento de Outros equipamentos de Transporte (14,8 por cento sobre março) e de Couros e calçados (10,3 por cento).

Também tiveram crescimento expressivo os segmentos de Vestuário (9,8 por cento), Veículos automotores (6,7 por cento) e Máquinas e equipamentos (4 por cento).

A utilização da capacidade instalada da indústria ficou em 83,2 por cento em abril, próximo do patamar de março, de 83,1 por cento.

"A intensificação da atividade industrial não veio acompanhada de expansões adicionais significativas sobre a utilização da capacidade instalada", disse a entidade.

"Há seis meses, o indicador oscila entre 83,0 e 83,3 por cento." Os setores com maior taxa de uso da capacidade são Veículos automotores (90,5 por cento) e Metalurgia básica (92,3 por cento).   Continuação...