BOLSA EUA-Índices desabam por temor de recessão após novos dados

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008 20:01 BRST
 

Por Jennifer Coogan

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos desabaram nesta sexta-feira, com o Nasdaq registrando sua pior queda percentual diária em quase um ano, após dados mostrando um aumento no desemprego norte-americano alimentarem preocupações de uma recessão.

O índice Dow Jones registrou queda de 1,96 por cento, a 12.800 pontos. O Standard & Poor's 500 caiu 2,46 por cento, a 1.411 pontos, enquanto o Nasdaq despencou 3,77 por cento, a 2.504 pontos.

As ações de tecnologia tiveram o pior desempenho no dia. O Nasdaq teve seu sexto dia seguido de queda, após a Intel ter recuado 8,1 por cento sobre preocupações de que empresas não devem atualizar seus computadores frente a uma desaceleração econômica.

Nesta sexta-feira, o Departamento de Trabalho divulgou uma criação menor que o esperado de 18 mil novos postos de trabalho e a taxa de desemprego subiu para o maior patamar em dois anos, a 5 por cento.

Em um sinal de que investidores estavam se garantindo para enfrentar difíceis tempos da economia, os raros ganhadores do mercado foram setores defensivos como o de fornecimento público de energia, farmacêuticas, alimentos e de outros produtos tidos como essenciais para a vida diária. "Os números sobre a criação de postos de trabalho estão mostrando que não temos os empregos, e se você não tem salários você não há consumidores fazendo qualquer tipo de gastos", disse Gary Shilling, presidente da A. Gary Shilling. "Eu não acho que há muitas dúvidas de que estamos em recessão agora."