CÂMBIO-Vaivém das bolsas impõe cautela e dólar opera estável

quinta-feira, 4 de outubro de 2007 11:13 BRT
 

SÃO PAULO, 4 de outubro (Reuters) - O dólar operava praticamente estável nesta quinta-feira, em um mercado dominado pela cautela de investidores diante da volatilidade das principais bolsas de valores.

Às 11h10, a moeda norte-americana BRBY tinha oscilação negativa de 0,05 por cento, a 1,839 real. Na véspera, o dólar subiu 0,82 por cento --no segundo dia de alta depois que a divisa atingiu, na segunda-feira, o valor mais baixo desde agosto de 2000.

O dia começou com o dólar em queda, seguindo uma breve melhora nos mercados internacionais. Jorge Knauer, gerente de câmbio do Banco Prosper, disse que essa postura é normal após os ajustes dos últimos dias.

"O mercado subiu muito forte ontem, no final da tarde principalmente, e isso (baixa) é normal depois desse movimento sem muita justificativa", comentou.

As bolsas, porém, não sustentaram o tom positivo e o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) recuava 0,38 por cento.

Essa instabilidade contribuía para a postura cautelosa dos investidores, segundo Carlos Alberto Postigo, operador de câmbio da corretora Action.

Segundo ele, alguns agentes do mercado têm feito compras de maior volume no mercado futuro para se proteger contra a volatilidade externa.

Postigo acrescentou que as apostas na queda do dólar por meio da venda futura de dólares estão menos atrativas, pois a moeda norte-americana já sofreu um forte recuo desde o corte do juro nos Estados Unidos em setembro.

"Será que vale a pena ficar vendido a 1,82 ou 1,81 (real)?", questionou o operador. "O mercado agora está trabalhando de forma mais pontual, para não ficar exposto a risco."