SUMMIT-Banco Mundial revisa para baixo crescimento da A.Latina

sexta-feira, 4 de abril de 2008 12:47 BRT
 

WASHINGTON, 4 de abril (Reuters) - O Banco Mundial revisou para baixo sua projeção de crescimento para a América Latina neste ano para 4,8 ante 5,1 por cento, em meio à desaceleração da economia dos Estados Unidos, disse nesta sexta-feira um alto funcionário do banco.

A vice-presidente para a América Latina do banco, Pamela Cox, sinalizou que o impacto da crise de crédito e hipotecária nos Estados Unidos ainda não está claro, mas disse que a região que está em melhor posição do que há cinco anos porque os países adotaram melhores políticas macroeconômicas.

"A América Latina está muito melhor preparada para suportar a turbulência dos mercados globais", disse Pamela Cox durante o Reuters Latin America Investment Summit.

México e América Central, por outro lado, sentiram mais o impacto da crise devido a sua proximidade e integração à economia norte-americana, acrescentou.

(Reportagem de Adriana Garcia)