Para 81% dos americanos, EUA estão no caminho errado

sexta-feira, 4 de abril de 2008 10:24 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Quatro em cada cinco norte-americano acham que seu país vai "no caminho errado", segundo pesquisa New York Times/CBS News divulgada na quinta-feira. É o pior resultado em quase 20 anos.

Segundo 81 por cento dos 1.368 entrevistados entre 28 de março e 2 de abril concordam que "as coisas entraram seriamente num caminho errado" nos EUA. Há um ano, só 69 por cento tinham essa opinião. Em 2003, eram 35 por cento.

Para 78 por cento dos entrevistados, os EUA estão hoje piores do que há cinco anos. Só 4 por cento acham que melhoraram.

O Times disse que os norte-americanos nunca estiveram tão descontentes desde que a pesquisa começou a ser feita, no começo da década de 1990.

A economia vem se tornando o principal tema na campanha eleitoral deste ano. O país sofre com uma crise hipotecária, e muitos economistas prevêem uma recessão neste ano.

Embora a maioria dos entrevistados diga que ainda está resistindo à crise financeira, muitos estão preocupados com a situação econômica do país como um todo.

Segundo o Times, só 21 por cento acham que a economia vai bem, menor índice desde o final de 1992, quando a recessão iniciada em meados de 1990 já tinha acabado havia mais de um ano. Na pesquisa, quase dois terços acham que os EUA já vivem uma nova recessão.

Questionados sobre a crise do crédito imobiliário, os norte-americanos culpam mais o governo do que os bancos e os mutuários, segundo o jornal. Para 40 por cento, a culpa é dos órgãos reguladores; para 28 por cento, a culpa é das instituições financeiras; para 14 por cento, a culpa pela crise é dos devedores.

A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais.