Com 5a alta, Bovespa tem melhor semana em 8 meses

sexta-feira, 4 de abril de 2008 18:27 BRT
 

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A Bolsa de Valores de São Paulo valeu-se da melhora do cenário internacional e marcou a quinta alta consecutiva no pregão desta sexta-feira, marcando a melhor semana desde agosto de 2007. Num dia marcado por constante volatilidade, o Ibovespa firmou-se no azul na segunda etapa dos negócios, encerrando com valorização de 0,42 por cento, aos 64.445 pontos. O ganho na semana foi de 6,6 por cento.

O giro financeiro somou 7,5 bilhões de reais, um dos melhores do ano, turbinado pela oferta pública de aquisição de ações da ArcelorMittal Inox Brasil (ex-Acesita), de 2,8 bilhões de reais.

A valorização teve como protagonistas as ações de empresas ligadas a commodities, com destaque para Petrobras, Vale e siderúrgicas, que respondem por 40 por cento da composição do Ibovespa, seguindo a valorização das cotações de produtos como o petróleo.

Esse movimento se sobrepôs à pressão negativa das bolsas norte-americanas com a divulgação de um dado de emprego dos Estados Unidos, logo pela manhã. O indicador mostrou que foram fechadas 80 mil vagas de emprego nos Estados Unidos em março, bem pior do que projetavam analistas. Na bolsa de Nova York, o índice Dow Jones caiu 0,13 por cento.

Para Álvaro Bandeira, diretor da corretora Ágora, as diversas medidas tomadas pelas autoridades monetárias do mercado, sob liderança do Federal Reserve, para dar liquidez a instituições financeiras atingidas pela crise no setor imobiliário, criou um ambiente de menos nervosismo entre os investidores.

"O dado de emprego divulgado hoje veio ruim, mas já estava no radar do mercado. O clima de curto prazo está um pouco melhor", disse Bandeira.

Entre as ações mais negociadas, as preferenciais da Petrobras avançaram 0,38 por cento, a 79 reais, enquanto as da Vale tiveram leve ganho de 0,1 por cento, a 51,75 reais. No pelotão das siderúrgicas, o destaque ficou com os papéis preferenciais da Gerdau, com elevação de 3,3 por cento, a 61,80 reais.