Petróleo cai US$2 com aumento das reservas de refinados

quarta-feira, 4 de junho de 2008 17:14 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo fecharam em forte queda pelo segundo dia consecutivo nesta quarta-feira, com uma alta acima do esperado nas reservas de produtos refinados na semana passada compensando a surpreendente queda nas reservas de petróleo.

Os futuros da gasolina caíram quase 5 por cento com dados mostrando que a demanda pelo produto caiu em meio aos altos preços nos postos, apesar do feriado do Memorial Day que marca o início da temporada de viagens nos Estados Unidos.

Os preços caíram fortemente no início da sessão, pressionados por um dólar forte após relatório mostrar um crescimento acima do esperado no setor de serviços norte-americano em maio e uma alta inesperada do número de empregos do setor privado.

Na Nymex, o contrato julho caiu 2,01 dólares, ou 1,62 por cento, para 122,30 dólares, menor fechamento desde 6 de maio. A commodity foi negociada entre 121,84 e 125,10 dólares.

"Nós tivemos números altistas para o petróleo na semana passada e de novo nesta semana, e o mercado ainda assim não consegue subir. Estamos caminhando para 120 dólares", disse Nauman Barakat, vice-presidente sênior da Macquarie Futures USA.

Em Londres, o petróleo tipo Brent caiu 2,48 dólares, ou 1,99 por cento, para 122,10 dólares por barril, sendo negociado entre 121,76 e 124,90 dólares.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)