Itaú toma equipe do UBS e reforça gestão de fortuna na A. Latina

quinta-feira, 4 de setembro de 2008 19:33 BRT
 

SÃO PAULO, 4 de setembro (Reuters) - O Itaú ITAU4.SA anunciou nesta quinta-feira que contratou um time de executivos para chefiar sua área de gestão de fortunas, dentro dos planos de se tornar um dos três maiores do setor na América Latina.

A equipe é formada sobretudo por ex-diretores do suíço UBS. Cada um vai comandar uma filial do Itaú Private Banking no exterior. Um deles, Flávio Souza, será o chefe das operações na América Latina a partir de um escritório em Miami.

Daniel Esslinger, que também era do UBS, será responsável pelas áreas de vendas, ajudando a montar a filial de private do banco na Suíça a partir de Zurique.

Marcelo Coscarelli, que era responsável na Suíça pela mesa de Brasil também pelo UBS, vai responder pelo braço europeu do Itaú, também no escritório de Miami.

Stefan Jenni, (ex-UBS), e Paul Hunt, oriundo do Rothschilds, completam o time, que deve ser reforçado com nomes a serem divulgados em breve, informou o Itaú em comunicado.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Alexandre Caverni)