Peugeot-Citroen vê potencial declínio na Europa em 2008

terça-feira, 4 de março de 2008 09:30 BRT
 

GENEBRA, 4 de março (Reuters) - A fabricante francesa de veículos PSA Peugeot-Citroen (PEUP.PA: Cotações) vê um potencial recuo no mercado europeu de automóveis em 2008 pela fraqueza na Inglaterra e Espanha, informou o presidente-executivo do grupo, Christian Streiff, nesta terça-feira.

Falando a jornalistas durante o salão do automóvel de Genebra, Streiff disse que a companhia vê o mercado europeu entre estável e em queda. Há seis meses, a empresa havia previsto um mercado europeu entre estabilidade e ascensão.

Após a declaração, as ações da companhia despencaram 5 por cento. Às 9h13 (horário de Brasília), os papéis da empresa exibiam queda de 4,43 por cento, puxando para baixo outras montadoras do continente.

Um porta-voz da Peugeot-Citroen disse que a visão da montadora não foi alterada desde a apresentação de Streiff sobre os resultados anuais do grupo. "Não houve mudança em nosso cenário (do mercado) desde que os resultados anuais foram anunciados em fevereiro", informou o porta-voz.

Streiff disse ainda nesta terça-feira que não acredita que a redução de ritmo do mercado dos Estados Unidos terá um grande impacto na Europa como um todo e que os mercados emergentes oferecem fortes oportunidades de crescimento.

Ele informou que a Peugeot está trabalhando em modelos de entrada para mercados emergentes específicos, mas esses veículos não serão carros de baixo custo como o Logan, da Renault (RENA.PA: Cotações), ou o Nano, da Tata Motors TAMO.BR.

(Por Marcelo Michelson)