CÂMBIO-Juro brasileiro atrai investidor e dólar opera em baixa

terça-feira, 4 de março de 2008 10:43 BRT
 

SÃO PAULO, 4 de março (Reuters) - O dólar operava em baixa nesta terça-feira, repetindo o comportamento da véspera apesar do mau humor dos mercados internacionais.

Às 10h40, a moeda norte-americana BRBY caía 0,24 por cento, para 1,668 real. Na segunda-feira, o dólar cedeu 1,18 por cento.

Agentes de mercado têm apontado que a diferença entre os juros brasileiros e os estrangeiros é a principal causa para a recente queda do dólar. No Brasil, a taxa básica de juros está em 11,25 por cento ao ano e, nos Estados Unidos, em 3 por cento.

"O grande atrativo é o juro", disse José Roberto Carreira, gerente de câmbio da Fair Corretora. "E a tendência dele é continuar", acrescentou, em referência à aposta na manutenção da taxa Selic na quarta-feira pelo Banco Central.

Nos Estados Unidos, a próxima reunião sobre os juros é em 18 de março, e o mercado monitora cada discurso dos membros do banco central norte-americano para avaliar a extensão de provável corte adicional nas taxas.

"O destaque da agenda (nesta terça-feira) é o discurso do presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke", escreveu Miriam Tavares, diretora de câmbio da AGK Corretora, em relatório. O início da fala está marcado para às 11h.

Em Nova York, os índices futuros indicavam abertura negativa das bolsas de valores em Wall Street.

(Por Silvio Cascione; Edição de Alberto Alerigi Jr.)