Cobre atinge menor preço em 6 meses por receio sobre demanda

segunda-feira, 4 de agosto de 2008 15:38 BRT
 

 Por Julie Crust
 LONDRES (Reuters) - Os futuros do cobre atingiram o menor
patamar em seis meses na segunda-feira, acompanhando o
movimento de baixa de outros metais de uso industrial após o
aumento dos estoques da Bolsa de Metais de Londres (LME), o que
reforçou os receios sobre uma eventual redução na demanda por
conta do desaquecimento econômico.
 O contrato de três meses para o cobre caiu para 7.601
dólares a tonelada, menor preço desde 8 de fevereiro, antes de
encerrar a 7.610 dólares, com queda de 3,7 por cento. Na
sexta-feira, o cobre terminou a sessão cotado a 7.900 dólares a
tonelada.
 Os estoques de cobre nos armazéns da LME aumentaram 1.550
toneladas, para 146.200 toneladas, maior nível registrado desde
26 de fevereiro. Neste mês, as reservas subiram 20 por cento,
devido à menor demanda pelo metal, utilizado amplamente nas
indústrias de construção e energia.
 Durante o mesmo período, os preços caíram até 11 por cento.
 "Todas as commodities estão sob pressão no momento", disse
o economista John Kemp, da RBS Sempra.
 O cobre com entrega prevista para setembro caiu 14,10
centavos de dólar, para 3,4380 dólares por libra-peso na
divisão de metais da Nymex.
 Kemp disse que o cobre havia resistido bem apesar da
pressão de vendas dos fundos que negociam em commodities.
 O prêmio pago no mercado disponível em comparação ao
mercado de futuros diminuiu para 150 dólares, contra 241
dólares em 17 de julho.
 O intervalo mais estreito resulta essencialmente de uma
única posição no mercado concentrando mais de 90 por cento das
garantias da LME, mas, na segunda-feira, este percentual foi
reduzido para entre 80 e 90 por cento.
 "O cobre só permaneceu estável porque tinha um suporte
forte e, assim que essa influência foi removida, o mercado caiu
em um tipo de vácuo", afirmou Kemp.
 A seguir, o preços dos Metais às 13h15 (horário de
Brasília):
Metal           Último Variação Preço Final Variação
                                       em 2007   ante 2007
(%)
Cobre LME      7620,00   -280,00   6670,00   14,24
Cobre SHFE   61020,00   -420,00   56880,00   7,28
Alumínio LME   2875,00   -59,00   2403,00   19,64
Alumínio SHFE 18975,00   15,00   18180,00   4,37
Cobre COMEX   350,60   -12,25      303,50   15,52
Zinco LME      1770,00   -70,00   2370,00   -25,32
Zinco SHFE   15125,00   -130,00   18950,00   -20,18
Níquel LME   18015,00   -285,00   26350,00   -31,63
Chumbo LME   2000,00   -126,00   2550,00   -21,57
Aço LME       20575,00   -925,00   16400,00   25,46