BOVESPA-Índice cede mais de 3% e atinge pior nível desde janeiro

segunda-feira, 4 de agosto de 2008 12:25 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações)

SÃO PAULO, 4 de agosto (Reuters) - O ambiente internacional negativo mantinha os investidores na ponta vendedora de ações na Bolsa de Valores de São Paulo, que enfrentava a terceira queda consecutiva, voltando ao menor nível desde janeiro.

Às 12h19, o Ibovespa .BVSP, principal índice do mercado acionário doméstico, declinava 3,11 por cento, para 55.836 pontos. O giro financeiro era de 1,5 bilhão de reais.

As ações ligadas a commodities, que têm forte liquidez na Bovespa, eram as mais visadas para vendas. As preferenciais da Vale (VALE5.SA: Cotações) caíam 5,15 por cento, para 36,47 reais.

Também influenciadas pela queda do petróleo, as preferenciais da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) tinha queda de 3,36 por cento, para 33,35 reais.

As siderúrgicas perdiam ainda mais, seguindo a tendência de baixa dos preços de metais. As preferenciais da Usiminas (USIM5.SA: Cotações) caíam 4,52 por cento, a 62,30 reais. Negociadas a 31,54 reais, as preferenciais da Gerdau GGBR4.SA perdiam 4,42 por cento.

"Está pesando lá fora", disse Marco Aurélio Barbosa, analista da corretora Coinvalores.

Em Wall Street, o índice Dow Jones .DJI da Bolsa de Nova York recuava 0,78 por cento, em meio a dados mostrando baixo crescimento da renda do consumidor nos Estados Unidos e a temores de novas baixas contábeis de bancos relacionadas à crise de crédito no país.   Continuação...