BOVESPA-Índice cede mais de 3% e atinge pior nível desde janeiro

segunda-feira, 4 de agosto de 2008 12:25 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações)

SÃO PAULO, 4 de agosto (Reuters) - O ambiente internacional negativo mantinha os investidores na ponta vendedora de ações na Bolsa de Valores de São Paulo, que enfrentava a terceira queda consecutiva, voltando ao menor nível desde janeiro.

Às 12h19, o Ibovespa .BVSP, principal índice do mercado acionário doméstico, declinava 3,11 por cento, para 55.836 pontos. O giro financeiro era de 1,5 bilhão de reais.

As ações ligadas a commodities, que têm forte liquidez na Bovespa, eram as mais visadas para vendas. As preferenciais da Vale VALE5.SA caíam 5,15 por cento, para 36,47 reais.

Também influenciadas pela queda do petróleo, as preferenciais da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) tinha queda de 3,36 por cento, para 33,35 reais.

As siderúrgicas perdiam ainda mais, seguindo a tendência de baixa dos preços de metais. As preferenciais da Usiminas USIM5.SA caíam 4,52 por cento, a 62,30 reais. Negociadas a 31,54 reais, as preferenciais da Gerdau (GGBR4.SA: Cotações) perdiam 4,42 por cento.

"Está pesando lá fora", disse Marco Aurélio Barbosa, analista da corretora Coinvalores.

Em Wall Street, o índice Dow Jones .DJI da Bolsa de Nova York recuava 0,78 por cento, em meio a dados mostrando baixo crescimento da renda do consumidor nos Estados Unidos e a temores de novas baixas contábeis de bancos relacionadas à crise de crédito no país.   Continuação...