BOVESPA-Commodities empurram índice para mínima em quase 7 meses

segunda-feira, 4 de agosto de 2008 17:05 BRT
 

SÃO PAULO, 4 de agosto (Reuters) - A forte queda de ações ligadas a commodities castigou a Bolsa de Valores de São Paulo, que fechou a segunda-feira emendando a terceira sessão no vermelho.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa .BVSP caiu 3,45 por cento, aos 55.641 pontos, no menor nível desde 23 de janeiro. O giro financeiro na bolsa somou 4,4 bilhões de reais.

Seguindo outro mergulho das cotações de commodities metálicas, sob o receio de queda na demanda, as ações de empresas ligadas ao setor foram as mais penalizadas.

As preferenciais da Vale (VALE5.SA: Cotações), vice-líderes em negócios, despencaram 6,9 por cento, para 35,80 reais. Entre as siderúrgicas, a onda vendedora pesou mais sobre a Usiminas, cujas ações preferenciais (USIM5.SA: Cotações) perderam 6,6 por cento, a 60,95 reais.

A forte baixa no preço do petróleo CLc1, por sua vez, empurrou as ações preferenciais da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) para uma desvalorização de 4,7 por cento, a 32,90 reais.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Daniela Machado)