Queda nos estoques estão pressionando petróleo, diz Bodman

quarta-feira, 5 de março de 2008 15:28 BRT
 

WASHINGTON, 5 de março (Reuters) - O secretário de Energia dos Estados Unidos, Sam Bodman, disse nesta quarta-feira que os preços recordes do petróleo se devem mais à queda das reservas globais da commodity do que ao dólar mais fraco.

"É da maior importância o fato que nós temos visto uma queda nos estoques globais, é o que está afetando, em meu julgamento,... os preços do petróleo", disse Bodmam em entrevista para Bloomberg TV.

O preço do petróleo nos EUA atingiu o recorde de 104,56 dólares o barril na quarta-feira.

"Eles (membros da Opep) vêem especulação no mercado. Eu vejo um declínio nos estoques globais e acho que esse é o motivo", disse Bodman.

Nesta quarta-feira, a Administração de Informação de Energia (AIE) informou que os estoques de petróleo nos Estados caíram 3,1 milhões de barris na última semana, para 305,4 milhoões barris.

Já a Casa Branca disse que está desapontada com a decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de manter a produção inalterada apesar dos preços recordes do petróleo.

O presidente norte-americano, George W. Bush, "gostaria que a Opep tivesse tomado uma decisão diferente. Ele está desapontado com a decisão de não aumentar a produção", disse a porta-voz da Casa Branca Dana Perino.

Bush "não acha que seja uma boa idéia para os maiores consumidores deles --como o Estados Unidos-- terem uma desaceleração em parte atribuída pelos altos preços dos combustíveis", disse Perino.

(Por Tom Doggett)