Associação petroleira vê movimento de nacionalização no Equador

sexta-feira, 5 de outubro de 2007 14:25 BRT
 

QUITO, 5 de outubro (Reuters) - O movimento do Equador para aumentar a participação do Estado nas receitas obtidas pelas companhias estrangeiras de petróleo é igual a uma "nacionalização" da indústria, disse nesta sexta-feira o presidente de uma associação privada do setor que atua no país.

"Essa modificação é equivalente a uma nacionalização", disse Rene Ortiz à Reuters.

Ortiz fez a declaração após encontro de integrantes da associação local de companhias de hidrocarbonetos.

As empresas estão avaliando o impacto de um decreto do governo anunciado na quinta-feira, que obrigará empresas a repassarem quase toda a receita extra obtida para o Estado.

Os ganhos extras ocorrem quando os preços do petróleo sobem acima de valores referenciais estabelecidos em contratos.