Índice de ações européias segue EUA e tem máxima em 10 semanas

sexta-feira, 5 de outubro de 2007 14:45 BRT
 

PARIS (Reuters) - As ações européias subiram nesta quinta-feira pela quinta sessão seguida, levando o principal índice da região a fechar no maior patamar em 10 semanas, depois que dados melhores que o esperado sobre o mercado de trabalho dos Estados Unidos abrandaram a preocupação com a maior economia do mundo.

O índice FTSEurofirst 300 avançou 0,78 por cento, para 1.584 pontos.

A economia norte-americana abriu 110 mil vagas em setembro, e a contratação nos dois meses anteriores foi revisada para cima de forma significativa, mostrando um mercado de trabalho mais resiliente do que o estimado antes.

"O relatório foi tranquilizador de modo geral, sugerindo que o mercado de trabalho deve se sustentar e dar um bom suporte ao consumo privado, o que evita uma desaceleração severa do crescimento", avaliou Marco Annunziata, economista-chefe do UniCredit, em relatório.

"Mas a situação do crescimento econômico ainda é frágil. Ainda que os dados de setembro tenham trazido algum alívio importante, está claro que o mercado de trabalho dos EUA perdeu um pouco da força ao longo deste ano."

As ações de mineradoras estiveram entre os destaques positivos, ajudadas pela alta dos preços de metais e por uma avaliação otimista de uma corretora sobre o setor.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,73 por cento, a 6.595 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,72 por cento, para 8.002 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 avançou 0,67 por cento, a 5.843 pontos.   Continuação...