PETROBRAS prevê grande interesse na 9a rodada da ANP

sexta-feira, 5 de outubro de 2007 16:00 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 5 de outubro (Reuters) - A Petrobras (PETR4.SA: Cotações) está confirmada na nona rodada de licitações de áreas de petróleo e gás natural do governo e no momento avalia parcerias para o leilão, informou o gerente de suporte à gestão de parcerias da empresa, José Alberto Bucheb.

Ele descartou a falta de interesse por parte da estatal ou de outros players do mercado por conta de mudanças nas regras ocorridas no leilão do ano passado, que provocaram a suspensão da operação e disputas judiciais.

Até o momento, apenas duas empresas se inscreveram para o leilão--Repsol YPF Brasil e Ral Engenharia--, o que levou ao adiamento da data limite para habilitação de 3 para 18 de outubro.

"Acho que o interesse vai ser grande, com certeza a Petrobras vai", afirmou Bucheb a jornalistas durante seminário promovido pela Associação Internacional dos Negociadores de Petróleo (AIPN).

Ele disse que a regra que limitava o número de ofertas no leilão "não foi uma boa decisão", e por este motivo foi revogada e não valerá na nona rodada.

Também presente no evento, a advogada Marilda Rosado, especialista no setor de petróleo e ex-funcionária da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Bicombustíveis (ANP) e da Petrobras, disse também confiar no sucesso da nona rodada de licitações, mesmo com notícias negativas para a região como a redução do lucro das petroleiras estrangeiras no Equador.

"Há uma série de empresas que mantêm otimismo em relação ao Peru, Brasil e Colômbia e que procuram, nos pequenos fóruns que participo, ressaltar esses valores", informou.

Segundo a advogada, a África vem disputando a atenção dos investidores com o Brasil, mas mesmo assim a presença de concorrentes na nona rodada está garantida.

"As empresas querem diversificar portfólio diluindo o risco africano com a América Latina", avaliou.