Social-democrata Colom vence general nas eleições na Guatemala

segunda-feira, 5 de novembro de 2007 10:57 BRST
 

CIDADE DE GUATEMALA (Reuters) - O social-democrata Alvaro Colom será o próximo presidente da Guatemala, após ganhar as eleições de domingo com promessas de acabar com a pobreza e virar a página da violenta história do país.

"Essa é uma nova página para a Guatemala, estou muito agradecido a Guatemala por esta confiança", disse Colom.

Os dados do tribunal eleitoral lhe davam vitória de 5,36 pontos percentuais sobre seu rival de direita, general Otto Perez Molina, com 95,63 por cento das urnas apuradas.

"Depois de tomar posse começaremos a trabalhar em um plano de esperança que vamos anunciar em uma entrevista coletiva", acrescentou.

Colom, do partido Unidade Nacional da Esperança (UNE), disse que os presidentes da Nicarágua, Daniel Ortega, e do Panamá, Martín Torrijos, o parabenizaram pela vitória por telefone.

Colom, um ex-empresário que também foi vice-ministro de Economia, sucederá o liberal Oscar Berger por um período de quatro anos.

O presidente eleito prometeu combater a pobreza que afeta metade dos 13 milhões de guatemaltecos, especialmente a população indígena.