October 23, 2007 / 2:14 AM / 10 years ago

PANORAMA2-Otimismo nos EUA contagia mercado e bolsas têm recorde

4 Min, DE LEITURA

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 5 de outubro (Reuters) - Os mercados financeiros pisaram no acelerador nesta sexta-feira, com recordes na Bolsa de Valores de Nova York, após um aguardado relatório sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos que renovou a confiança dos investidores.

No Brasil, o vento favorável de Wall Street animou os negócios, e fez a Bolsa de Valores de São Paulo subir novamente o degrau dos 62 mil pontos. A Vale do Rio Doce (VALE5.SA) e a Petrobras (PETR4.SA), estrelas do mercado local, tiveram alta de mais de 4 por cento.

O gatilho foi disparado pelo relatório do Departamento de Trabalho sobre a abertura de postos de trabalho em setembro. Os números mostraram que a economia abriu 110 mil vagas no mês passado, resultado melhor que o esperado.

Além disso, o desempenho dos dois meses anteriores foi revisado para cima de forma significativa. "Com os dados de emprego de hoje, vimos que a maior parte da economia está indo melhor do que as pessoas pensavam inicialmente", disse Cleveland Rueckert, analista de mercado da Birinyi Associates, em Stamford.

Com a retomada da confiança dos estrangeiros --que empurraram os índices Dow Jones e S&P 500 para novos recordes--, o mercado de câmbio voltou a receber dólares de investidores interessados em ativos brasileiros. Com isso, a moeda norte-americana fechou na mínima em mais de sete anos, muito perto do patamar de 1,800 real.

O mercado de juros brasileiro teve um volume de negócios um pouco menor, com a maioria das projeções exibindo baixa na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F).

Veja como encerraram os principais mercados nesta sexta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,804 real, em queda de 1,15 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 1,6 bilhão de dólares.

Bolsa .Bvsp

O Ibovespa avançou 3,17 por cento, a 62.318 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 7 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 4,19 por cento, aos 34.959 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maior parte dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em queda na BM&F. O DI janeiro de 2009 recuaram a 11,25 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 caiu a 11,29 por cento.

Global 40 braglb40=Rr

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuou para 134,063 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,58 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil recuava a 162 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 191 pontos-básicos.

Bolsas Dos Eua

O índice Dow Jones .DJI teve variação positiva de 0,66 por cento, fechando a 14.066 pontos. O Nasdaq .IXIC avançou 1,71 por cento, para 2.780 pontos e o S&P 500 .SPX exibiu alta de 0,96 por cento, aos 1.557 pontos.

Treasuries De 10 Anos us10yt=Rr

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuaram e o rendimento aumentou para 4,64 por cento no final da tarde ante 4,52 por cento na quinta-feira.

Reportagem adicional de Juliana Siqueira e Angela Bittencourt

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below