Acionistas da ArcelorMittal fecham acordo com a Arcelor

segunda-feira, 5 de novembro de 2007 10:15 BRST
 

LUXEMBURGO (Reuters) - A ArcelorMittal, maior produtora de aço do mundo, recebeu o sinal verde final de seus investidores para completar a fusão entre os antigos rivais Mittal Steel e Arcelor, em reunião dos acionistas nesta segunda-feira.

Os acionistas da Arcelor aceitaram em junho de 2006 uma oferta de 26 bilhões de euros (37 milhões de reais) da Mittal, depois de uma acirrada disputa pela aquisição, mas investidores com participação de 6 por cento da empresa decidiram não oferecer suas ações.

A ArcelorMittal, cujos acionistas aprovaram o acordo numa reunião nesta segunda-feira, está agora oferecendo oito de suas ações por sete da Arcelor aos acionistas minoritários. A empresa havia oferecido onze por sete na aquisição no ano passado.

A Arcelor fará sua própria reunião de acionistas às 13h30 GMT desta segunda-feira.

Alguns acionistas minoritários argumentam que a proporção é muito pequena e vêm tentando sem sucesso interromper a fusão. Eles consideram procurar problemas significativos uma vez que a transação for completada e as empresas não mais operarem como duas entidades separadas.

A ArcelorMittal têm repetidamente repelido as críticas e que estaria pagando pouco e afirmou que estava confiante de que a proporção refletia o valor intrínseco de ambas as empresas.