Petróleo nos EUA cai por preocupação com mercado imobiliário

segunda-feira, 5 de novembro de 2007 18:38 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Os preços dos contratos futuros de petróleo negociados nos Estados Unidos fecharam em queda nesta segunda-feira, por preocupações de que a crise no setor imobiliário tenha afetado a saúde econômica do maior consumidor de petróleo do mundo.

Na Nymex, o contrato dezembro caiu 1,68 por cento e fechou cotado a 94,30 dólares por barril, após ter sido negociado na mínima de 93,72 dólares durante o pregão.

O petróleo tipo Brent negociado Londres teve queda de 1,42 dólar, para 90,66 dólares.

Os mercados de ações registraram queda após o Citigroup, maior banco dos EUA, ter relatado ser incapaz de dar garantias a investidores que a potencial baixa contábil de 11 bilhões de dólares originada do mercado imobiliário de alto risco, o chamado subprime, não irá aumentar.

O petróleo subiu cerca de 40 por cento desde meados deste ano e atingiu o patamar recorde na casa dos 96 dólares por barril na semana passada, impulsionado pela desvalorização do dólar, preocupações sobre estoques antes do inverno no Hemisfério Norte e especulações acerca o petróleo e outras commodities.

Mas a crise no setor de moradias prejudicou a demanda do maior mercado do mundo e acumulou temores de problemas mais amplos na economia.

"O conjunto de bancos reportando baixas contábeis sem dúvida está contribuindo para um ar de ansiedade nos mercados financeiros, enquanto aumenta as chances de uma possível recessão liderada pelos EUA", disse Edward Meir, da MF Global.