CÂMBIO-Dólar se acomoda após euforia e opera em alta

segunda-feira, 5 de maio de 2008 10:50 BRT
 

SÃO PAULO, 5 de maio (Reuters) - O dólar operava em alta nesta segunda-feira, devolvendo parte da queda acumulada no final da semana passada após a elevação do Brasil para grau de investimento.

Às 10h48, a moeda norte-americana BRBY subia 0,42 por cento, para 1,657 real. Na sexta-feira, o dólar teve o menor valor de fechamento desde maio de 1999, a 1,650 real.

"Como a queda foi grande, o mercado está em compasso de espera, em acomodação", disse Marcelo Voss, economista-chefe da corretora Liquidez.

Na quarta-feira, a agência de classificação de risco Standard & Poor's elevou a nota da dívida soberana do Brasil para "BBB-", dentro do grau de investimento. Analistas esperam que a nova condição do país atraia mais dólares.

A ressaca no mercado brasileiro de câmbio contrariava o cenário internacional, segundo Voss. "Teve até uma demanda por carry trade", disse, em referência a um tipo de operação de arbitragem, que tira proveito do alto juro nacional.

"Mas o mercado externo hoje também está muito fraco", comentou. Nos Estados Unidos, o risco Brasil 11EMJ operava abaixo de 200 pontos-básicos, mas as bolsas abriram em queda.

Para o restante da semana, a agenda econômica diminui de intensidade, com alguns dados sobre a atividade econômica dos Estados Unidos e a inflação no Brasil. O mercado monitora ainda a discussão em Brasília sobre possíveis medidas adicionais do governo para conter a valorização do real.

"Tudo indica que será uma semana mais de acomodação do que de oscilação", finalizou Voss.

(Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Cláudia Pires)