BHP diz que não precisa vender ativos para comprar Rio Tinto

quinta-feira, 5 de junho de 2008 09:24 BRT
 

Por Sonali Paul e Victoria Thieberger

MELBOURNE, Austrália, 5 de junho (Reuters) - A BHP Billiton (BHP.AX: Cotações)(BLT.L: Cotações), maior mineradora do mundo, afirmou que não precisa vender ativos para obter aprovação regulatória para a aquisição da rival Rio Tinto (RIO.L: Cotações) por 170 bilhões de dólares. Apesar disso, a companhia não exclui totalmente essa possibilidade.

O presidente-executivo da BHP, Marius Kloppers, também afirmou nesta quinta-feira que sua companhia não manteve discussões com qualquer grupo chinês sobre compra de uma participação na BHP. Se tivesse, acrescentou ele, teria que revelar as negociações ao mercado.

A BHP somente enviará sua oferta de aquisição aos acionistas da Rio Tinto depois que tiver sido liberada por autoridades de defesa da concorrência na Europa, Austrália, Estados Unidos, Canadá e África do Sul, o que deve ocorrer mais para o final deste ano.

"Sempre sustentamos que não haverá dano econômico (a união das empresas) --há benefício econômico-- particularmente sobre o produto que será provavelmente examinado mais de perto, o minério de ferro", disse ele.

"Temos planos muito claros, que foram detalhados. Nós queremos expandir esse produto mais rapidamente", disse o executivo.

A proposta da BHP pela Rio Tinto levantou preocupações na China. O temor é que a companhia combinada tenha muito poder de preço sobre muitas commodities necessárias para alimentar o rápido crescimento industrial do país asiático.