5 de Outubro de 2008 / às 18:22 / 9 anos atrás

Marta quer comparar trajetórias; Kassab almeja PPS e tucanos

Por Renato Andrade

SÃO PAULO, 5 de outubro (Reuters) - A candidata do PT, Marta Suplicy, aposta na comparação de propostas e trajetória política para tentar vencer a disputa eleitoral pelo comando da maior cidade do país. O prefeito Gilberto Kassab (DEM), provável adversário da petista no segundo turno, quer atrair o PPS de Soninha Francine e consolidar sua aliança com os tucanos, para garantir sua reeleição.

Após votar na manhã de domingo, Marta declarou que pretende comparar no segundo turno suas propostas de governo, sua trajetória política e gestão na prefeitura com as do adversário.

De acordo com pesquisas recentes, Marta e Kassab devem disputar o segundo turno na capital paulista. A petista, que governou a capital de 2001 a 2004, disse, no entanto, que aguardará “respeitosamente” que as urnas se abram e indiquem seu oponente na votação do fim de outubro.

“Agora tem que esperar para ver o candidato que vai disputar, e nós vamos, no segundo turno, continuar com nossas propostas --que foram copiadas pelos nossos opositores--, comparar a nossa gestão com a gestão de quem ganhar e mostrar a trajetória política de cada um”, disse a candidata.

Integrantes da campanha de Marta já sinalizaram que a petista tentará “colar” em Kassab o passado de alianças que fez com os ex-prefeitos Paulo Maluf (PP) e Celso Pitta (PTB), ambos com alto índice de rejeição entre o eleitorado paulistano.

Kassab também foi contido ao comentar a possível disputa com Marta no segundo turno da eleição. “Seria uma pretensão muito grande dizer que já está resolvido, mas as pesquisas me deixam em uma posição bastante confiante e otimista.”

Mas adiantou que assim que tiver confirmada sua passagem para o segundo turno, espera contar com o apoio do PPS, de Soninha, por acreditar que a legenda tenha mais afinidade com sua candidatura do que com a da petista.

NO NINHO TUCANO

Praticamente fora do segundo turno, considerando as últimas pesquisas, o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, tentou minimizar os levantamentos que apontam para uma disputa entre Kassab e Marta.

“Pesquisa que vale é a apuração”, respondeu Alckmin por diversas vezes quando questionado por jornalistas que o acompanharam votar na manhã deste domingo na zona oeste da cidade.

Com semblante sisudo e sorrindo pouco, Alckmin chegou para votar acompanhado de uma pequena comitiva de tucanos, como os deputados federais José Anibal e Júlio Semeghini, e pelo senador Romeu Tuma (PTB).

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um dos principais nomes do PSDB, afirmou acreditar que seu partido vai apoiar a candidatura de Kassab no segundo turno.

“Espero que o PSDB apóie o candidato do DEM”, disse o ex-presidente, ao votar no Colégio Sion, no bairro de Higienópolis, região nobre da capital.

O deputado Semeghini afirmou que a divisão do PSDB --que teve boa parte de seus correligionários na campanha de Kassab-- “complicou, atrapalhou muito” a candidatura de Alckmin.

Fernando Henrique, entretanto, recusou-se a admitir que o PSDB tenha rachado na articulação da eleição de São Paulo.

“Eu não acho que o PSDB pecou. O povo é que escolheu, porque o Kassab se apresentou bem”, disse o ex-presidente.

Em São Bernardo do Campo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva mostrou-se confiante da vitória de Marta.

“A Marta vai ter a quantidade de votos necessários para ganhar o segundo turno. Obviamente, sair em primeiro lugar num primeiro turno com três candidatos (fortes) é uma coisa extraordinária. Vamos ganhar o segundo turno”, disse.

Texto de Renato Andrade, com reportagem de Carmen Munari, Maurício Savarese, Aluísio Alves e Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below