Paes quer "pé-quente" de Cabral e espera adversário do 2o turno

domingo, 5 de outubro de 2008 14:49 BRT
 

Por Renato Andrade

RIO DE JANEIRO, 5 de outubro (Reuters) - Líder nas pesquisas de intenção de voto, o candidato Eduardo Paes (PMDB) quer iniciar o segundo turno à prefeitura do Rio contando com o "pé-quente" do governador e cabo eleitoral Sérgio Cabral. Mesmo sem definição sobre quem enfrentará na rodada final da disputa --Fernando Gabeira (PV) ou Marcelo Crivella (PRB)--, Paes quer começar a planejar sua campanha já na noite deste domingo.

O peemedebista votou no início da manhã no aristocrático Gávea Golf Club, em São Conrado, e evitou falar sobre quem espera enfrentar no segundo turno. Ele afirmou, no entanto que as alianças para a disputa final serão discutidas a partir da noite deste domingo.

As últimas pesquisas de intenção de voto mostram um empate técnico entre Gabeira e Crivella na disputa pela segunda vaga. Ambos tentaram demonstrar confiança na passagem para a etapa final da corrida à prefeitura da capital fluminense.

"Acho que hoje nós viramos", disse Gabeira, logo após votar. "Acho que temos um chance real de chegar ao segundo turno, confio muito nos meus eleitores porque são combativos, têm bons argumentos e são respeitosos", acrescentou.

O candidato do PV cresceu nas pesquisas nos últimos dias e emparelhou com Crivella. Pelo levantamento do Datafolha, divulgado no sábado, Gabeira superou numericamente Crivella, assumindo a segunda posição na disputa pela prefeitura do Rio.

Crivella minimizou a queda nas pesquisas de opinião e o empate técnico com o adversário do PV. "As pesquisas são uma fotografia cada vez mais distante da realidade das urnas", disse o senador, que no início da campanha eleitoral, quando liderava as intenções de voto, costumava citar a importância e o valor das pesquisas.

ESTRATÉGIAS   Continuação...