Austrália precisará de anos de chuva para se recuperar da seca

quinta-feira, 5 de junho de 2008 10:31 BRT
 

SYDNEY, 5 de junho (Reuters) - A Austrália vai precisar de vários anos de chuvas acima da média para se recuperar da seca, afirmou na quinta-feira o Escritório Australiano de Meteorologia, após um dos outonos mais secos da história.

De acordo com o órgão, o mês passado foi o maio mais seco desde que o escritório começou a fazer os registros em 1990 e, combinado com poucas chuvas em março e abril, contribuiu para uma defiência de chuvas no outono em grande parte do país.

Déficits de chuvas durante uma década e temperaturas recordes esgotaram os estoques de água no leste e no sudoeste do país.

O escritório afirmou que essas condições são resultado em parte da mudança climática.

A seca também prejudicou a colheita de grãos da Austrália nos últimos anos, mas especialistas estão esperançosos de uma safra quase recorde neste ano após boas chuvas no início do ano e neste mês.

Em um período de 12 meses, grande parte do leste da Austrália se beneficiou de chuvas acima da média associadas ao La Niña, em 2007/08.

"Um ano de chuvas acima da média não vai corrigir a situação", disse o porta-voz do escritório, Grand Beard.

A bacia Murray-Darling, principal região de produção de alimentos da Austrália, teve seu quarto outono mais seco na história, enquanto grandes partes do país sofreram com a deficiência de chuvas nos três meses até o final de maio, explicou o escritório em um comunicado.

Por outro lado, a chuva que cai desde o início de junho em algumas partes dos Estados de Queensland e de Nova Gales do Sul foram suficientes para aliviar ou acabar com os déficits de três meses.

(Por Michael Byrnes)