Serra dribla imprensa e evita declarações ao votar em SP

domingo, 5 de outubro de 2008 16:43 BRT
 

SÃO PAULO, 5 de outubro (Reuters) - O governador José Serra (PSDB), que passou a campanha eleitoral distante do candidato de seu partido a prefeito em São Paulo, Geraldo Alckmin, evitou dar declarações à imprensa neste domingo.

Serra, vestindo roupa esporte, chegou ao colégio Santa Cruz, na zona oeste, cerca de uma hora antes do final da votação.

Cercado de seguranças, cumprimentou os inúmeros jornalistas que o aguardavam desde a manhã com um simples "oi".

Entrou na sala de votação, onde permitiu apenas o registro de imagem, e, antes que os repórteres se dessem conta, deixou o colégio pela porta oposta à que entrou.

Durante as articulações para a eleição municipal, Serra defendia o apoio do PSDB à candidatura do prefeito Gilberto Kassab (DEM), seu vice na chapa eleita em 2004. Mas Alckmin se impôs e foi confirmado pela convenção tucana em junho.

Segundo as pesquisas de intenção de voto, Kassab, e não Alckmin, vai ao segundo turno contra a candidata do PT, Marta Suplicy.

Pela manhã, Kassab depositou seu voto no mesmo colégio de Serra.

(Reportagem Marjorie Rodrigues; Edição de Carmen Munari)