PANORAMA1-Dados de emprego nos EUA podem garantir queda do juro

sexta-feira, 5 de outubro de 2007 08:30 BRT
 

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 5 de outubro (Reuters) - O mundo inteiro voltará seus olhos para os dados sobre o mercado de trabalho norte-americano nesta sexta-feira.

O relatório de agosto surpreendeu investidores ao mostrar a primeira queda na geração de empregos em quatro anos. Desta vez, economistas esperam a criação de 100 mil postos de trabalho, mas ainda há dúvidas sobre eventual impacto da crise iniciada no setor de crédito imobiliário de risco.

"(Hoje) será crítico", observou Perry Vieth, vice-presidente de investimentos da PanAgora Asset Management em Boston. "Não espero um número tão forte."

O dado será importante para ajudar investidores a ajustarem suas apostas quanto ao rumo do juro norte-americano. Atualmente, o mercado prevê novo corte em outubro, depois que o Federal Reserve reduziu a taxa em 0,5 ponto em setembro, mais do que esperado pela maioria.

"Se o número vier fraco, vai abrir caminho para outro corte", acredita Jason Brady, gestor de portfólio da Thornburg Investment Management em Santa Fé, Novo México.

O mercado de bônus fecha mais cedo nos Estados Unidos e não vai operar na segunda-feira, por conta do feriado de "Columbus Day". Nasdaq e Nyse, entretanto, funcionam normalmente.

No Brasil, destaque para os detalhes da oferta de ações da Bovespa Holding. De acordo com comunicado divulgado nesta sexta-feira, a oferta poderá superar os 5 bilhões de reais. Os papéis estréiam no dia 26. [ID:nN05445736]

Vale monitorar também como estréiam as ações da SulAmérica, que foram precificadas na ponta mais baixa da estimativa dos coordenadores.   Continuação...