Mercado imobiliário britânico mostra mais sinais de fraqueza

quinta-feira, 5 de junho de 2008 08:57 BRT
 

LONDRES, 5 de junho (Reuters) - Duas notícias sobre o setor imobiliário da Grã-Bretanha forneceram nesta quinta-feira mais evidências de que essa indústria está enfrentando dificuldades, mas como o setor já perdeu tanto nas bolsas, as ações operavam em alta devido a um alívio de que os dados não foram piores.

A construtora de baixo custo Bellway BWY.L alertou sobre uma queda maior que a esperada nas vendas anuais, depois que as reservas durante a primavera declinaram quase um terço à medida em que os compradores encontravam dificuldades em obter hipotecas.

Separadamente, o segundo maior concessor de empréstimos do país, o Halifax HBOS.L, disse que seu índice de preços de moradias recuou 2,4 por cento em maio sobre abril e 3,8 por cento ante igual mês de 2007.

O setor imobiliário britânico vem sofrendo em resultado da crise global de crédito.

"A oferta restrita de hipotecas, combinada a uma fraca confiança do consumidor, está levando o mercado a uma maior fraqueza", disse a Bellway.

O alerta da empresa é o mais recente de uma série liderada pela Persimmon PSN.L, maior construtora britânica por valor de mercado, que disse em abril que suas vendas no acumulado de 2008 declinaram 24 por cento.

As ações da Bellway, que tiveram na quarta-feira o menor nível em cinco anos, subiam 5 por cento.

(Por Dan Lalor)