VALE inicia construção de planta de fosfato no Peru

sexta-feira, 5 de setembro de 2008 12:56 BRT
 

PIURA, Peru, 5 de setembro (Reuters) - A brasileira Vale começou nesta sexta-feira a construção de uma planta de fosfato no norte do Peru, um investimento de 479 milhões de dólares que vai começar a produzir em 2010.

Segundo a subsidiária da Vale no Peru, Miski Mayo, a planta de fosfato Bayóvar, localizada na região nortenha de Piura, terá uma capacidade de produção nominal de 3,9 milhões de toneladas anuais do mineral, matéria-prima usada na fabricação de fertilizantes.

O investimento inclui a construção de um porto para exportação de rocha fosfórica, disse a empresa.

A Vale (VALE5.SA: Cotações) RIO.N ganhou a concessão de Bayóvar em 2005, onde segundo dados do governo peruano existem reservas de 238 milhões de toneladas de fosfato.

Os investimentos brasileiros têm crescido fortemente nos últimos anos em diversos setores da economia peruana.

Esta semana, a siderúrgica Gerdau (GGBR4.SA: Cotações)GGB.N, maior fabricante de aço da América Latina, anunciou que investirá 1,4 bilhão de dólares nos próximos cinco anos na sua subsidiária peruana Siderperú, que vai se converter em uma das maiores produtoras do metal da região.

Já atuam também no mercado peruano outras empresas brasileiras como Petrobras (PETR4.SA: Cotações), as construtoras Norberto Odebrecht e Andrade Gutierrez, e companhia aérea Gol GOLL4.SA.

(Reportagem de Teresa Céspedes)