AGENDA POLÍTICA-CPI ouve Jobim e Câmara faz recesso branco

sexta-feira, 5 de setembro de 2008 17:34 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As investigações da CPI do Grampo sobre as escutas telefônicas de autoridades dos três poderes prosseguem na semana que vem com o depoimento do ministro da Defesa, Nelson Jobim.

Ele deve falar sobre a compra de equipamento de escuta telefônica pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que foi acusada de ter sido a responsável pelos grampos. A agência vem afirmando que tem equipamento apenas para realizar varreduras.

As votações estão suspensas na Câmara dos Deputados a partir da semana que vem. Trata-se do recesso branco que vigora até o primeiro turno das eleições municipais, em 5 de outubro. No retorno, os deputados encontrarão para votar a proposta de fundo soberano. O Senado deve manter as sessões.

A seguir os principais fatos políticos da semana.

SEGUNDA-FEIRA

-- A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, cumpre visita ao Brasil e será recebida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Brasília.

-- Representantes do Tribunal Superior Eleitoral e do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) reúnem-se em Brasília para acertar os últimos detalhes da atuação das tropas federais na segurança das eleições no Rio.

-- O presidente Lula participa das comemorações do bicentenário do Ministério da Fazenda. Está programado o seminário "Desenvolvimento Econômico: crescimento com distribuição de renda".

-- O presidente Lula estará no Rio de Janeiro para o jantar de abertura da semana da Academia Internacional de Televisão, no Hotel Copacabana Palace, às 20h.   Continuação...