COSAN faz nova tentativa de sair do Novo Mercado

quarta-feira, 5 de março de 2008 21:36 BRT
 

SÃO PAULO, 5 de março (Reuters) - O grupo sucroalcooleiro Cosan apresentou nesta quarta-feira uma nova proposta de oferta pública de aquisição de ações (OPA) para tentar deixar o Novo Mercado da Bovespa .BVSP.

A oferta consiste na troca de ações da companhia listada na bolsa paulista por Brazilian Depositary Receipts (BDRs) da Cosan Limited CZLT11.SA, holding com sede em Bermudas, constituída em 2007. A relação de troca de um para um foi fixada com base no laudo de avaliação elaborado pela Deloitte.

O laudo calculou a faixa de valores de 24,60 a 27,19 reais por ação da Cosan S.A. (CSAN3.SA: Cotações) e 22,24 a 24,58 reais por BDR, ação classe A ou ação classe B2 da Cosan Limited. A operação marcada para acontecer em 14 de abril é liderada pelo Banco Santander.

Em julho de 2007, o grupo fez a primeira tentativa de deslistar suas ações do segmento da Bovespa que tem as regras mais rígidas de transparência e respeito aos acionistas minoritários.

No entanto, a operação não prosperou por não ter contado com a adesão dois terços dos acionistas donos de papéis em circulação no mercado, o mínimo exigido pela lei societária para fechamento do capital.

"A ofertante tem a intenção de formular oferta pública para saída da Cosan S.A. do Novo Mercado da Bovespa na hipótese de haver aceitação de mais de dois terços dos titulares de ações em circulação", disse a companhia no edital de oferta pública enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Agora, para ter sucesso, a Cosan precisa da adesão do equivalente a mais de dois terços das 117.782.616 ações ordinárias da Cosan 43,2 por cento que estão em circulação no mercado.

Antes da divulgação do edital, a ação ordinária da Cosan fechou o dia na Bovespa com alta de 4,5 por cento, cotada a 31,80 reais.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Maurício Savarese)