CORREÇÃO-Norske Skog suspende projeto de papel no país

quarta-feira, 5 de março de 2008 16:17 BRT
 

(Corrige no 3o terceiro parágrafo nome do executivo para Antonio, em lugar de Antonia; e esclarece que ele continuará na empresa com outra função)

OSLO (Reuters) - A fabricante norueguesa de papel Norske Skog decidiu interromper um projeto de 250 milhões de dólares para renovação de sua fábrica no Paraná com uma máquina usada da Noruega. A decisão foi tomada por causa de estouro no orçamento, informou a companhia.

"Após uma auditoria no projeto Pisa PM2, importantes excessos de custos foram identificados, tornando necessário suspender o projeto até nova decisão", informou a companhia em comunicado divulgado no final da terça-feira.

Por causa de excessos de custos, Antonio Dias, diretor de papel-revista e das operações sul-americanas da Norske Skog, vai deixar o cargo, mas continuará na empresa cuidando de renegociação de orçamentos e revisão do projeto, segundo a assessoria de imprensa da empresa no Brasil.

O vice-presidente sênior Jan Clasen vai assumir os negócios com papel-revista e o vice-presidente sênior Vidar Lerstad ficará com as operações sul-americanas.

O projeto, que deveria ficar pronto no primeiro semestre de 2009, tinha um limite de custo de 1,3 bilhão de coroas norueguesas (251,7 milhões de dólares), informou a Norske Skog.

"O total potencial de custos está agora estimado em 380 milhões de dólares ou cerca de 2 bilhões de coroas norueguesas segundo a taxa de câmbio atual", informou a empresa.

Auditores independentes perceberam que os custos do projeto são significativamente maiores do que o orçado, principalmente por causa de aumentos de custos elevados no Brasil e fatores cambiais, informou a Norske Skog.   Continuação...