Vendas do varejo na zona do euro caem em janeiro

quarta-feira, 5 de março de 2008 09:16 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - As vendas do varejo na zona do euro caíram em janeiro deste ano em relação a janeiro do ano passado, segundo dados divulgados nesta quarta-feira, apontando fraqueza contínua na demanda interna e dando novos indícios de uma desaceleração econômica.

As vendas de varejo nos 15 países que usam o euro subiu 0,4 por cento numa comparação mês-a-mês depois de três meses consecutivos de contração, mas caiu 0,1 por cento numa comparação anual, a terceira redução seguida, de acordo com estatísticas oficiais da União Européia.

Economistas consultados pela Reuters esperavam o aumento mensal, mas também haviam projetado um crescimento em base anual de 0,1 por cento.

Os dados, uma medida da intenção de consumo, chega um dia depois que dados mostraram uma contração na demanda doméstica de 0,1 por cento no último trimestre de 2007 contra os três meses anteriores.

Alguns economistas apontaram a alta inflação, fomentada principalmente pelos preços de alimentos e energia, como a responsável por consumir a renda e consequentemente a demanda geral.

Com outros componentes da demanda doméstica como consumo e investimentos do governo também caindo, e a demanda externa diminuindo, economistas esperam que o crescimento no primeiro trimestre seja abaixo do potencial da zona do euro de 0,5 por cento.

Mas o crescimento mais lento provavelmente deve ajudar a aliviar as pressões inflacionárias e eventualmente permitir que o Banco Central Europeu reduza as taxas de juros para impulsionar o crescimento, afirmaram economistas.

(Reportagem de Jan Strupczewski)