Bancos e commodities ajudam e ações fecham em alta na Europa

quarta-feira, 5 de março de 2008 14:52 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os mercados europeus deram fim a uma seqüência de cinco sessões seguidas de queda nesta quarta-feira, com a ajuda de expectativas sobre um pacote de auxílio para a seguradora norte-americana Ambac e dados melhores que o esperado do setor de serviços dos EUA.

O índice FTSEurofirst 300, que acompanha os principais papéis da Europa, fechou em alta de 1,6 por cento, a 1.300 pontos.

O setor de bancos e commodities figuravam entre os melhores desempenhos. O HSBC subiu 2,4 por cento, o HBOS 6 por cento, o Société Générale avançou 3,5 por cento e o BNP Paribas teve alta de 2,5 por cento.

A mineradoras acompanhavam a alta no preço o cobre, e ações de petrolíferas seguiam o aumento no preço do barril do petróleo. A BP, Total e Royal Dutch Shell subiram entre 1,7 e 2,5 por cento.

A indústria de serviços nos Estados Unidos encolheu pelo segundo mês seguido em fevereiro, apesar de ter sido num ritmo menos intenso e melhor do que as expectativas do mercado.

O índice não-manufatureiro do Instituto de Gestão e Fornecimento veio em 49,3, acima da baixa recorde de 44,6 em janeiro.

"Esses dados diminuem um pouco os fortes medos de recessão", afirmou o estrategista de investimentos Bernard McAlinden, da NCB Stockbrokers.

"O processo de atribuição das hipotecas de alto risco (subprime) está fazendo um bom progresso, com dívida de até 180 bilhões de dólares. Isso deixa fortes debilitações, mas provavelmente será tenuamente espalhado pelo mundo", acrescentou.

Para quinta-feira, as atenções de voltam para decisões sobre taxa de juros no Banco Central da Europa e Banco da Inglaterra.   Continuação...