JURO-Projeções avançam com dados de aquecimento da economia

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007 16:09 BRST
 

SÃO PAULO, 5 de dezembro (Reuters) - A maioria das projeções de juros encerrou em alta nesta quarta-feira, pelo terceiro pregão consecutivo, mas sem alterar a estimativa de manutenção da Selic pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

Dados sobre a economia doméstica divulgados ainda pela manhã reforçaram a avaliação de que o Banco Central será cauteloso no último encontro do ano.

A produção industrial cresceu 2,8 por cento de setembro para outubro, no maior ritmo mensal dos últimos quatro anos e acima da previsão de analistas ouvidos pela Reuters.

A inflação medida pelo IGP-DI e pelo IPC-Fipe ganharam força no mês passado por conta dos alimentos. Os dois indicadores ficaram acima do projetado por analistas, com alta de 1,05 por cento e 0,47 por cento, respectivamente.

O depósito interfinanceiro (DI) janeiro de 2010 movimentou mais de 320 mil contratos e subiu de 12,23 por cento na véspera para 12,35 por cento ao ano.

O DI janeiro de 2009 avançou de 11,66 por cento para 11,72 por cento.

(Por Daniela Machado; Edição de Cesar Bianconi)