ATUALIZA-Pedidos de auxílio desemprego nos EUA caem

quinta-feira, 6 de março de 2008 11:14 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações)

WASHINGTON, 6 de março (Reuters) - Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caíram na semana passada, mostraram dados do governo nesta quinta-feira.

O Departamento de Trabalho divulgou que o número de pedidos iniciais recuou para 351 mil na semana encerrada em 1o de março, ante o dado revisado de 375 mil na semana anterior.

Já a média quadrissemanal dos pedidos, considerada uma medida mais precisa das tendências sobre emprego, recuou para 359,5 mil ante dado revisado de 361 mil na semana anterior.

Economistas esperavam que os pedidos iniciais caíssem para 360 mil sazonalmente ajustados nas quatro semanas findas em primeiro de março, contra 375 mil na semana anterior.

Enquanto os dados desta quinta-feira mostraram fraqueza no mercado de trabalho, analistas de Wall Street estão de olho no relatório do governo a ser divulgado na sexta-feira sobre o panorama do trabalho do mês passado. Economistas esperam um pequeno acréscimo de 25 mil empregos, trazendo o índice de desemprego de 4,9 para 5,0 por cento.

Um oficial do Departamento do Trabalho afirmou que não há fatores especiais por trás da queda acima da esperada na semana passada nos pedidos de auxílio desemprego.

E mesmo com a queda inicial nos pedidos, o número de trabalhadores com auxílio desemprego continua a subir e se manter em seu nível mais alto desde o furacão Katrina em setembro de 2005. Foram 2,83 milhões desses pedidos continuados na semana finda em 23 de fevereiro, o número mais recente disponível, ante dado anterior de 2,80 milhões

(Reportagem de Lisa Lambert)