Chairman do Deutsche Bank diz que IIF proporá reformas

quinta-feira, 6 de março de 2008 17:00 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 6 de março (Reuters) - A maior entidade internacional representante dos interesses bancários finaliza uma resposta às preocupações do setor sugerindo medidas para apoiar o gerenciamento de risco, padrões de contabilidade e transparência, disse o chairman do Deutsche Bank (DBKGn.DE: Cotações), Josef Ackermann, nesta quinta-feira.

A entidade, conhecida como Instituto Internacional de Finanças, tenta influenciar a resposta dos orgãos reguladores às preocupações atuais do setor bancário e achar uma maneira de evitar futuras crises.

Um relatório provisório contendo propostas de reformas, em negociação com membros do IIF, será provavelmente emitido entre duas a quatro semanas, disse Ackermann em entrevista coletiva.

(Reportagem de Christian Plumb)