BOLSA ÁSIA-Mercados sofrem com dados fracos nos EUA

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008 07:39 BRST
 

Por Rafael Nam

HONG KONG, 6 de fevereiro (Reuters) - As bolsas asiáticas sofreram a pior queda percentual diária em duas semanas nesta quarta-feira, depois que dados piores que o esperado sobre o setor de serviços nos Estados Unidos e na Europa intensificaram os temores de recessão, fazendo os investidores optarem por aplicações em títulos.

Ações de financeiras como o Mitsubishi UFJ Financial Group (8306.T: Cotações) figuravam entre as maiores perdas depois que a Standard & Poor's alertou na terça-feira que a classificação dos bancos norte-americanos pode estar em risco caso as seguradoras de títulos tenham sua avaliação reduzida.

O dia teve um volume de negócios menor que o de costume, com os mercados na Coréia do Sul, Taiwan e China fechados na quarta-feira até o restante da semana por conta dos feriados do Ano Novo Lunar.

O índice MSCI da Ásia Pacífico exceto Japão .MIAPJ0000PUS perdia 2,99 por cento, para 468,9 pontos, a maior perda percentual diária desde a queda de 6,3 por cento em 22 de janeiro.

Dados divulgados na terça-feira não ajudaram os investidores, mostrando que o setor de serviços norte-americano inesperadamente diminuiu em janeiro nos Estados Unidos para níveis de recessão, enquanto o crescimento de serviços na zona do euro perdeu força.

O índice Nikkei .N225 da bolsa de Tóquio caiu 4,7 por cento, para 13.099 pontos. Em Cingapura .FTSTI, a bolsa se desvalorizou 3,5 por cento, aos 2.931 pontos.

Em Hong Kong .HSI a baixa foi de 5,4 por cento, para 23.469 pontos, em uma sessão de meio período devido ao Ano Novo Lunar, que começa na quinta-feira na Indonésia, Malásia e Cingapura.

Na Austrála .AXJO a bolsa perdeu 3,17 por cento, derrubada perla BHP Billiton (BHP.AX: Cotações) depois que a maior mineradora do mundo fez uma oferta hostil de 147,4 bilhões de dólares pela Rio Tinto (RIO.AX: Cotações).