Microsoft pode aumentar oferta por Yahoo, dizem analistas

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008 12:40 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O preço das ações do Yahoo está 6,5 por cento abaixo da proposta não oficial da Microsoft, mas alguns analistas de Wall Street esperam que a gigante do software aumente sua oferta de aquisição da companhia de Internet.

A UBS precificou as ações do Yahoo acima dos 31 dólares oferecidos pela Microsoft e o Citi afirmou que um aumento da proposta da Microsoft é o cenário mais provável entre os cinco considerados como possíveis desfechos para a disputa.

As ações do Yahoo fecharam a 28,98 dólares na terça-feira, mais de 2 dólares abaixo do preço oferecido pela Microsoft na semana passada. A ações da Microsoft caíram aproximadamente 12 por cento desde o anúncio da proposta, potencialmente reduzindo o valor total de uma oferta composta metade em dinheiro e metade em ações.

Apesar disso, o UBS precificou as ações do Yahoo a 34 dólares, afirmando que a Microsoft "fará o que for necessário para realizar o negócio".

"Em um negócio hostil, o comprador geralmente não começa com sua melhor e última oferta e nós não ficaríamos surpresos se a Microsoft aumentar o valor para facilitar a decisão da diretoria do Yahoo", afirmou o banco de investimento em nota.

O Yahoo divulgou na terça-feira que irá considerar a proposta no contexto de seus planos estratégicos.

O vice-presidente financeiro da companhia de Internet, Blake Jorgensen, cancelou uma apresentação marcada anteriormente para esta quarta-feira em São Francisco.

O discurso de Jorgensen seria a primeira aparição pública de um alto executivo do Yahoo desde o anúncio da Microsoft.

"A diretoria está trabalhando muito e analisando com cuidados todas as opções. Eles estão tentando tomar a decisão certa", disse uma fonte próxima da diretoria.