Pelosi defende segundo pacote de estímulo à economia dos EUA

terça-feira, 6 de maio de 2008 14:42 BRT
 

WASHINGTON, 6 de maio (Reuters) - A presidente da Camâra dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, defendeu nesta terça-feira um segundo pacote de estímulo econômico, e disse que o presidente norte-americano, George W. Bush, tem se recusado a enfrentar a realidade da situação econômica do país.

"É claro que existe a necessidade de um segundo estímulo", disse Pelosi, Democrata da Califórnia, à repórteres em coletiva.

"O presidente tem negado por muito tempo o estado da economia", disse ela.

Cheques das restituições de impostos estão nas caixas de correio de milhões de norte-americanos como parte do pacote de estímulo econômico de 152 bilhões de dólares aprovado pelo Congresso e sancionado por Bush.

O presidente, apoiado por seus companheiros republicanos no Congresso, indicou que quer esperar e ver como o primeiro pacote de estímulo afetará a economia antes de considerar um novo.

"Eu não acho que temos muito tempo", disse Pelosi. "Existem indicações de que a desaceleração está maior do que quando criamos o primeiro pacote".

(Reportagem de Kevin Drawbaugh)