Obama e McCain estarão juntos em 11 de setembro

sábado, 6 de setembro de 2008 15:48 BRT
 

TERRE HAUTE, Estados Unidos (Reuters) - Os candidatos à Presidência dos Estados Unidos, John McCain e Barack Obama, vão aparecer juntos em Nova York, no dia 11 de setembro, no local onde ficavam as torres do World Trade Center.

"Todos nós nos juntamos no dia 11 de setembro, não como democratas ou republicanos, mas como americanos. Em corredores cheios de fumaça ou nos degraus de Capitol; em bancos de sangue ou em vigílias, nós nos unimos como uma única família norte-americana", escreveram os dois senadores em comunicado conjunto divulgado no sábado.

"Na quinta-feira, vamos deixar a política de lado e nos juntar para renovar esta unidade, para honrar as famílias e amigos que perderam pessoas queridas."

Esta será a primeira vez que o republicano McCain e o democrata Obama aparecerão juntos desde que suas candidaturas foram oficializadas pelos respectivos partidos à eleição de 4 de novembro.

Os dois raramente estiveram juntos ao longo da campanha. McCain desafiou Obama a uma série de encontros, mas alguns detalhes não puderam ser acertados e esses encontros nunca aconteceram.

Os dois dividiram o palco rapidamente na igreja de Saddleback, na Califórnia, no mês passado, durante tempo suficiente apenas para algumas fotos.

Cerca de 3 mil pessoas morreram no dia 11 de setembro quando aviões controlados por sequestradores se chocaram contra as torres gêmeas do World Trade Center, o Pentágono e um campo na Pensilvânia.

"Também agradeceremos os bombeiros, a polícia e aos serviços de emergência que deram um exemplo heróico de serviço altruísta, além dos homens e mulheres que servem hoje em defesa da liberdade e da segurança que foram atacadas na cidade de Nova York, no Pentágono e em Shanksville, Pensilvânia", disse o comunicado.

(Por Deborah Charles)

REUTERS MR IV