Atentado suicida no Afeganistão deixa 90 mortos e 50 feridos

terça-feira, 6 de novembro de 2007 11:07 BRST
 

MAZAR-I-SHARIF (Reuters) - Um ataque suicida matou 90 pessoas e deixou 50 feridos nesta terça-feira, em um atentado a uma delegação de parlamentares que visitavam a cidade de Baghlan, ao norte do Afeganistão, disse o diretor do hospital local.

"Os corpos de 90 pessoas foram trazidos ao hospital até agora, e 50 pessoas estão feridas", disse à Reuters o diretor do hospital de Baghlan, Dr. Khalilullah.

Cinco parlamentares, incluindo o porta-voz da oposição Mostafa Kazemi, estão entre os mortos no ataque, disse o governador da Província.

O chefe da inteligência de Baghlan, Abdurrahman Sayedkhail, disse que a quantidade de vítimas era tão grande que estava impossível precisar um número por enquanto.

A delegação visitava a região industrial da cidade quando o ataque aconteceu.

Neste ano, o grupo extremista Taliban matou mais de 200 pessoas em 130 ataques suicidas, em uma campanha de violência que tem como objetivo convencer os afegãos de que seu governo e os apoiadores do Ocidente são incapazes de garantir segurança.

(Reportagem de Tahir Qadiry)