Fed e SEC estavam cientes de tudo o que se passava no Lehman-CEO

segunda-feira, 6 de outubro de 2008 12:07 BRT
 

WASHINGTON, 6 de outubro (Reuters) - Os reguladores federais do setor bancário dos Estados Unidos estavam cientes de tudo o que acontecia no Lehman Brothers LEHMQ.PK nos meses que antecederam o colapso do banco de investimentos, disse o presidente-executivo do Lehman, Richard Fuld, durante audiência no Congresso dos EUA nesta segunda-feira.

"Trimestre a trimestre, mês a mês, os reguladores (a Securities and Exchange Commission, principal órgão regulador de mercado de capitais dos EUA, e o Federal Reserve) viram o quanto nós reduzimos nossos bens imobiliários, como nós aumentamos nossa liquidez, como nós diminuímos a alavancagem e fortalecemos nossos níveis de capital", disse Fuld em um testemunho preparado para ser dado a um painel de supervisão da Câmara dos Deputados.

Durante o verão no Hemisfério Norte, o Lehman negociou com o Fed a possibilidade de se converter em uma companhia holding bancária, o que aconteceu recentemente com dois outros bancos de investimento de Wall Street, o Goldman Sachs (GS.N: Cotações) e o Morgan Stanley (MS.N: Cotações). O Lehman entrou com pedido de proteção contra falência no dia 15 de setembro.

(Reportagem de Rachelle Younglai e Kim Dixon)