Xstrata lança oferta em dinheiro de US$10 bi pela Lonmin

quarta-feira, 6 de agosto de 2008 09:50 BRT
 

Por Eric Onstad

LONDRES, 6 de agosto (Reuters) - A mineradora Xstrata XTA.L fez uma oferta de compra, no valor de 10 bilhões de dólares, da terceira maior produtora de platina do mundo, a Lonmin (LMI.L: Cotações), para diversificar seus negócios de metais industriais e cobre.

A Lonmin rejeitou rapidamente a oferta. As ações da empresa saltaram 51 por cento para uma máxima de 35 libras nesta quarta-feira, ligeiramente acima do plano de oferta de 33 libras por ação, o que implica que os investidores vêem espaço para uma oferta melhorada.

O ataque da anglo-suíça Xstrata é parte de uma onda de consolidação no setor de metais em meio ao crescimento da demanda chinesa que tem feito os preços subirem nos últimos anos.

Cinco meses atrás, a Xstrata escapou de ser comprada depois que uma oferta para sua aquisição feita pela Vale (VALE5.SA: Cotações) fracassou.

Na terça-feira, a mineradora adquiriu uma participação de 8 por cento na produtora de platina, por meio da compra de ações de diversos acionistas. A Xstrata afirmou que planeja comprar mais ações da Lonmin no mercado nesta quarta-feira.

A Lonmin rejeitou a oferta afirmando que ela subvalorizava a empresa. "Essa é uma tentativa oportunista e não bem-vinda de tentar comprar a Lonmin a um preço que subvaloriza seus ativos".

O gerente de fundos do BlackRock, Graham Birch, um grande acionista da Lonmin, afirmou: "É um pouco oportunista porque todas as ações de mineradoras sofreram desvalorizações nas últimas seis semanas".