Mantega: vamos liberar parte das reservas para comércio exterior

segunda-feira, 6 de outubro de 2008 16:20 BRT
 

BRASÍLIA, 6 de outubro (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, admitiu nesta segunda-feira uma piora da crise internacional e repetiu a disposição do governo de usar de "forma inteligente" as reservas internacionais, sem comprometer seu nível "elevado".

"Outra coisa que vamos fazer é disponibilizar parte das reservas para bancos financiarem o comércio exterior", disse a jornalistas ao lado do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

O ministro também demonstrou confiança em uma recuperação dos mercados, apesar de acreditar que a crise vá durar um bom tempo.

"Sairemos dessa fase aguda, embora a crise vá continuar. Não é uma crise simples, não vai terminar tão cedo", disse. "Hoje estamos num momento de irracionalidade, um movimento de manada."

(Reportagem de Isabel Versiani; Texto de Daniela Machado; Edição de Renato Andrade)