Petróleo salta mais de US$10 e fecha com recorde a US$138,54

sexta-feira, 6 de junho de 2008 16:01 BRT
 

NOVA YORK, 6 de junho (Reuters) - Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam com novo recorde nesta sexta-feira, impulsionados pelos comentários do ministro de Transporte de Israel de que um ataque às instalações nucleares do Irã pode ser "inevitável".

Também impulsionaram os futuros do petróleo o relatório divulgado pelo Morgan Stanley afirmando que os preços da commodity podem atingir 150 dólares até 4 de julho, o enfraquecimento do dólar frente ao euro com expectativas de que o Banco Central Europeu pode elevar as taxas de juros, além da alta da taxa de desemprego nos Estados Unidos.

Na Nymex, o contrato julho CLN8 subiu 10,75 dólares, ou 8,41 por cento, e fechou a 138,54 dólares por barril, marcando um novo recorde, tendo sido negociado entre 127,81 e a nova máxima intradia a 139,12 dólares.

(Reportagem de Robert Gibbons)