ATUALIZA-Eleições reforçam protagonismo do PT, PSDB e PMDB-Genro

segunda-feira, 6 de outubro de 2008 18:09 BRT
 

(Texto atualizado com declarações e contexto)

BRASÍLIA, 6 de outubro (Reuters) - O resultado do primeiro turno das eleições municipais demonstra uma alteração da dinâmica política nacional, afirmou nesta segunda-feira o ministro da Justiça, Tarso Genro.

Para o ministro, PT, PSDB e PMDB passarão a ter maior protagonismo na vida política. Genro não mencionou quem teria saído do cenário, mas ficou evidente a referência ao DEM, partido de oposição ao governo, que só tem a possibilidade de eleger um prefeito nas capitais.

"Isso não diminui a importância dos outros partidos, mas evidentemente sinaliza um novo tipo de polarização e organização do debate político no país", disse a jornalistas, após cerimônia no Superior Tribunal de Justiça.

O ministro afirmou ainda que o país deveria aproveitar o ambiente criado pelas eleições para realizar uma reforma política. Segundo Genro, só assim os partidos seriam mais fortalecidos e passariam a ter uma vocação nacional.

No entender do ministro, as alianças regionais demonstraram a ausência de partidos nacionais fortes, pois em cada região do país as legendas formaram alianças diferentes.

"Isso significa que há uma predominância ainda das questões regionais e que os partidos não têm uma identidade nacional firme. Isso leva o sistema político ao esgotamento", avaliou.

PORTO ALEGRE

Genro disse esperar que a esquerda se una para apoiar a deputada Maria do Rosário, candidata petista à prefeitura de Porto Alegre. A parlamentar superou as também deputadas Manuela D'Ávila (PCdoB) e Luciana Genro PSOL) e disputa o segundo turno com José Fogaça (PMDB), que tenta a reeleição. Luciana é filha do ministro da Justiça.   Continuação...